Portal Eventos
Catarinense Série A
Em 14 de janeiro de 2013 às 20:05

Criciúma e Joinville buscam quebrar tabu de títulos no Campeonato Catarinense

Único representante catarinense no Brasileirão, Criciúma não vence o Estadual desde 2005

Lucas Heckler Içara-SC

Santa Catarina - O Campeonato Estadual por muitas vezes é questionado, seja pela quantidade de clubes que se enfrentam em um curto período, ou pela falta de qualidade. Mas, mesmo não tendo o valor de um Brasileirão ou uma competição continental, todo grande clube almeja não passar por um longo período sem a conquista da taça de campeão. No entanto, dois importantes clubes de Santa Catarina ostentam um longo jejum.

O Criciúma é o único clube catarinense na elite do futebol brasileiro, mas os torcedores não soltam o grito de “é campeão” no Estadual há sete anos. O último triunfo foi em 2005, quando derrotou o Atlético Hermann Aichinger na decisão. Neste período, o Tigre chegou a conquistar um título nacional (Série C de 2006).

O Tricolor Predestinado chegou a três finais nas últimas sete edições, mas acabou derrotado em todas. Em 2007 e 2008 o título foi perdido para Chapecoense e Figueirense, respectivamente, ambos atuando no Estádio Heriberto Hülse. Em 2011, novamente a chance do título veio “terra a baixo” diante da Chapecoense.

Seca!
Embora o jejum do Criciúma seja grande, um dos seus rivais, o Joinville, vive um período de seca maior. A falta de um título estadual já dura mais de uma década. A última conquista no Campeonato Catarinense aconteceu no longínquo ano de 2001, justamente diante do Criciúma.

Assim como o rival, o clube do norte do Estado também teve uma conquista nacional, sagrando-se campeão da Série C em 2011. O JEC ainda esteve na decisão estadual por duas vezes, ambos sendo derrotado por time da capital. Em 2006, o algoz foi o Figueirense, enquanto em 2010 coube ao Avaí acabar com o sonho dos tricolores.

Recordista!
Nos últimos cinco anos, o atual campeão Avaí foi quem mais deu volta olímpica. Além de 2010, a comemoração aconteceu em 2007 e 2009. Em 2008, a taça de campeão foi arrebatada pelo Figueirense e, em 2011, foi a vez da Chapecoense festejar com seus torcedores. A última vez que o título não ficou com o “Quinteto Forte de Santa Catarina”, foi no distante ano de 1992, quando o Brusque bateu o Avaí na decisão.

De acordo com a Federação Catarinense de Futebol (FCF), o Avaí é o maior vencedor do Estado com 16 conquistas. Logo atrás, com 15 títulos, está o Figueirense. O Joinville soma 12 conquistas, contra nove do Criciúma. Daqueles clubes que estarão no Estadual 2013, a Chapecoense tem quatro títulos. Atlético Hermann Aichinger, Camboriú, Guarani, Juventus e Metropolitano buscarão a primeira volta olímpica em Santa Catarina.

Fórmula de disputa!
A abertura da edição 2013 está marcada para o próximo dia 20. Atlético Hermann Aichinger, Avaí, Camboriú, Chapecoense, Criciúma, Figueirense, Guarani, Joinville, Juventus e Metropolitano estão na briga. Os times se confrontam em dois turnos, com os campeões avançando à semifinal.

Completam a terceira fase os dois clubes com melhor índice técnico (soma dos pontos) que não tenham conquistado a vaga através de turno. Embora, na teoria, um time que faturasse os dois turnos devesse comemorar a conquista do título, isso não acontecerá em Santa Catarina. Se um time conquistar os dois turnos, serão três classificados através do índice técnico.

O problema deste regulamento viu-se na última edição, quando o Figueirense abocanhou os dois turnos, mas não levou o título. Inclusive, o time do Estreito perdeu a taça principal do Campeonato Catarinense para o seu maior rival, Avaí, em pelo Estádio Orlando Scarpelli.

Confira os jogos da 1ª rodada do Campeonato Catarinense 2013:

Sábado
17h
Avaí x Hermann Aichinger

19h30
Criciúma x Camboriú

Domingo
17h

Joinville x Chapecoense
Juventus x Metropolitano

19h30
Guarani x Figueirense


Webboom Estratégias Digitais - Aplicativos Mobile e Desenvolvimento Web " class="twitter-share-button">