Quarta-feira, 01 de Dezembro de 2021
 
Em 25 de março de 2017 às 15:11

"Gravidez não é invalidez", diz assistente grávida que trabalhará em clássico

Em contato com Sr. Goool, assistente revela planos, fala da profissão e comenta sobre os desejos da gravidez

Rodolfo Brito São Paulo-SP

Alagoas - O "até logo" não terá público, mas será no maior clássico do estado. A assistente Brígida Cirilo Ferreira trabalhará no jogo entre os rivais CRB e CSA pela última rodada da Primeira Fase do Campeonato Alagoano, neste domingo, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, com os portões fechados. Ela dará uma pausa da profissão por causa da gravidez de cinco meses.

 Brígida Cirilo, grávida de cinco meses, fará o último jogo antes do nascimento de Bruno Henrique!Arquivo PessoalBrígida Cirilo, grávida de cinco meses, fará o último jogo antes do nascimento de Bruno Henrique!
"Gravidez não é invalidez. A atividade física que faço não é de risco pelo simples fato de que estou acostumada com isso. Não é novidade e, por isso, não interfere. Minha vida toda foi ativa. A recomendação da comissão de arbitragem, da minha médica, do meu psicólogo, aliás, era para que eu continuasse a trabalhar", explica ao Sr. Goool a mamãe de Bruno Henrique que terá também um pai assistente (Wagner José da Silva).

O Clássico das Multidões será o oitavo jogo de Brígida em 2017. Ela, além do Estadual, também trabalhou na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil. A suspeita de que estava grávida começou ainda no ano passado antes dos testes físicos para esta temporada.

"Desconfiei da gravidez em dezembro passado. Esperei o teste físico para ter a confirmação. Tinha medo de que pudesse influenciar no resultado. Após o físico, fiz o teste de gravidez e tive certeza. Procurei o preparador físico, o psicólogo e minha médica para fazer o pré-natal. Meu planejamento para esta temporada foi todo em cima da gravidez. Todos os meses levo uma autorização da minha médica à Comissão de Arbitragem da Federação", disse a assistente de Maceió.

Desejos de grávida!
"Até hoje sinto ele chutar, mexer. Nada que interfira no meu trabalho. Tive enjoo só no começo. Também sentia um gosto ruim na boca quando acordava ou comia alguma coisa. Como a gente tem nossa alimentação, nossa dieta para o trabalho, tenho alguns desejos de "gordice" mesmo. Adoro comer chocolate, pizza... Estou aproveitando que a barriga vai crescer, que vou engordar, para comer e matar estes desejos", completa Brígida aos risos.

 Brígida Cirilo "caiu de paraquedas" na profissão e, agora, sonha com voos mais altos na arbitragem!Arquivo PessoalBrígida Cirilo "caiu de paraquedas" na profissão e, agora, sonha com voos mais altos na arbitragem!
Professora de Educação Física em Maceió, Brígida Cirilo não pensa em largar a profissão. Pelo contrário. Ela já tem planos de retomar a carreira ainda neste ano.

"Sim. Vou voltar a trabalhar. Meu planejamento é de que o parto aconteça em julho e em outubro, novembro, devo realizar novos testes para voltar a trabalhar", revela a assistente que, se hoje não pensa em largar a profissão, no início nem cogitava trabalhar na arbitragem.

"Cai de paraquedas na profissão. Estava cursando Educação Física quando um colega de classe chamou para um teste. Mas eu recusei. Ele voltou a insistir e, quando abriu a escola de árbitro, resolvi tentar. Eu precisava de pontos para ajudar na faculdade e acreditava que aquilo iria me ajudar. Fiz o curso e não sai mais".

Brígida Cirilo tirou de letra o presente da gravidez e passou por cima dos preconceitos. Agora, ela quer mais na profissão. Além do planejamento de voltar no final da temporada, a assistente sonha com voos mais altos.

"No estádio sempre há preconceito. Sempre há aquele torcedor que se acha no direito de falar o que quer. Mas também sempre tive apoio dos meus colegas de profissão. Acredito que a arbitragem como um todo precisa ser valorizada. As cobranças são altas, profissionais. Então a arbitragem também precisa ser profissional. De qualquer forma, meu sonho é ter reconhecimento. O trabalho é árduo, a dedicação é imensa e espero ter retorno. Eu abraço cada oportunidade. Lógico que o topo de qualquer profissional é o quadro da FIFA. Mas abraço cada partida, quero dar sempre o melhor em qualquer jogo, qualquer divisão", finaliza Brígida Cirilo ao Sr. Goool.

Escola alagoana!

CBF garante distanciamento ainda maior com premiações do Brasileirão masculino e feminino

Valores pagos aos clubes do feminino e masculino refletem bem como cada categoria é tratada pela CBF

Leia a notícia completa
Brígida Cirilo, contudo, não é a primeira assistente a trabalhar grávida no futebol brasileiro. No mesmo quadro alagoano já houve Ticiana de Lucena Falcão Martins que atuou grávida, em 2007. A ex-assistente, aliás, chegou ao quadro da FIFA e esteve na profissão por 14 anos. Ela é casada com Hércules Martins, presidente da Comissão Estadual de Arbitragem da Federação Alagoana de Futebol (CEAF).

"Minha esposa também trabalhou grávida. Não há problema algum. Temos documentos da médica da Brígida autorizando a prática esportiva. A médica diz que ela tem totais condições de trabalhar", explica Hércules Martins ao Sr. Goool.

"A arbitragem feminina no geral ainda precisa da confiança de quem comanda. A desconfiança advém do preconceito do nosso país em relação à mulher. Essa cultura também existe no futebol. No Alagoano temos a Brígida na CBF, a Raquel (Ferreira Barbosa) e Ana Paula (dos Santos). Estamos dando espaço", completa.

Ex-presidente da Comissão Nacional de Arbitragem e, hoje, responsável pelos estudos de implementação de árbitros de vídeos, Sérgio Corrêa vê o fato como mais uma forma de quebrar paradigmas na profissão e na arbitragem feminina.

"Opinião sobre trabalho e escala de terceiros não é adequado, pois, devem ter critérios para deliberar sobre este tema. Por outro lado, como o quadro feminino precisa de apoio, tais medidas ajudam e quebram paradigmas para elas. Em 2007, quando estabelecemos que elas deveriam atingir índices masculinos, a previsão e a esperança era que elas fossem aproveitadas. Cumpriram e temos que cumprir. A arbitragem é composta por pessoas que se esforçam e são atacadas por todos os lados. Se são atacadas com tanto esforço que fazemos, qual o motivo de não quebrar paradigmas?", diz Corrêa.

O Sr. Goool conta com uma ferramenta exclusiva da arbitragem nacional e internacional. A ferramenta de busca traz todos os profissionais de arbitragem que apitaram jogos de campeonatos acompanhados pelo Sr. Goool. Basta digitar o nome do árbitro ou do assistente para ter a relação completa de partidas. Ou ainda é possível procurar a arbitragem através do menu "árbitros por campeonato". Tudo muito simples e fácil. (Clique na imagem abaixo e tenha o sistema de busca da arbitragem!)


Mais Notícias

 
© Copyright 2013 - 2021 Sr. Goool - Todos os direitos reservados
  1. Clique no clube para selecioná-lo.
  2. Clique na coluna para ordená-la. Um clique selecionará a coluna e dois cliques redicionarão os valores do menor para o maior
  1. Agrupe e compare as estatísticas com outros campeonatos.
    Máximo de cinco competições.
  1. Escolha o dia da semana e tenha o total e a média dos clubes;
    Escolha o horário dos jogos e tenha o total e a média dos clubes;
    Clique no clube para selecioná-lo
  1. Clique na coluna para ordená-la. Um clique selecionará a coluna e dois cliques redicionarão os valores do menor para o maior
  1. Clique na coluna para ordená-la do maior para o menor
  1. Tenha informações detalhadas ao clicar nos números de Pontos Ganhos, Jogos, Vitórias, Empates, Derrotas, Gols Pró e Gols Contra;
    Tenha informações detalhadas de público, ingressos e renda ao clicar nos números totais;
  1. Clique no escudo para ir à página do clube selecionado
  1. Clique no nome do profissional para obter maiores informações
  1. Clique no jogo para ir à página do campeonato ou clique no logo do Sr. Placar para ir à página com todos os jogos do dia
  1. Clique no jogo ou na barra do campeonato para cair na página oficial da competição
  1. Escolha no select como deseja ordenar a classificação do campeonato
  1. Clique nas colunas das siglas PG, V, E, D, GP, GC, SG e %A e ordene do maior para o menor. Dois cliques, ordene do menor para o maior;
    Clique no "C" e volte para a classificação oficial.

Reprodução proibida! © 2013 - 2021 Todos os direitos reservados ao Sr. Goool! Leia mais em www.srgoool.com.br
Siga @SrGoool, Curta e Compartilhe www.facebook.com/srgoool