Portal Eventos
Catarinense Série A
Em 02 de agosto de 2020 às 00:32

Pela 1ª vez no século, Catarinense não terá clube da capital nas quatro primeiras posições

Última vez que o Estadual de Santa Catarina não contou com nenhum clube de Florianópolis nos quatro primeiros lugares foi em 96

Rodolfo Brito São Paulo-SP

Santa Catarina - O Campeonato Catarinense 2020 é do interior. Pela primeira vez no século, nenhum clube da capital estará nas quatro primeiras colocações, segundo levantamento do Sr. Goool. Brusque, Criciúma, Juventus e Chapecoense seguem na briga pelo título.

Algoz do Figueirense, o Juventus receberá, na ida, o Brusque no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul. O clube de Brusque eliminou o Joinville. Já a Chapecoense despachou o Avaí, então dono da melhor campanha na primeira fase. A Chape terá, na Arena Condá, em Chapecó, o Criciúma, que passou pelo Marcílio Dias.

A última vez que o Estadual de Santa Catarina não contou com nenhum clube de Florianópolis nos quatro primeiros lugares foi na longínqua temporada de 1996. Naquela oportunidade, a Chapecoense foi campeã, seguida por Joinville, Tubarão e Criciúma. O Figueirense foi o melhor clube da capital, terminando em 6º.

 Criciúma é o semifinalista com mais títulos no Catarinense, enquanto Juventus jamais levantou o troféu!Celso da Luz / CriciúmaCriciúma é o semifinalista com mais títulos no Catarinense, enquanto Juventus jamais levantou o troféu!
De lá para cá, Avaí e Figueirense sempre ficaram entre os quatro primeiros colocados. Maior campeão do estado, o Figueira faturou os títulos de 1999, 2002, 2003, 2004, 2006, 2008, 2014, 2015 e 2018. O Avaí, por sua vez, levantou o troféu em 1997, 2009, 2010, 2012 e 2019.

Semifinalistas de 2020!
Dos quatro semifinalistas, o Criciúma é o maior vencedor com dez conquistas, sendo a última em 2013. A Chapecoense soma seis troféus, mas festejou recentemente, em 2017. A seca do Brusque, enquanto isso, vem desde 1992, quando obteve seu único título até aqui. Já o Juventus tem como melhor campanha o 3º lugar em 1994 e 2006.

Webboom Estratégias Digitais - Aplicativos Mobile e Desenvolvimento Web " class="twitter-share-button">