Portal Eventos
Copa América Masculino
Em 13 de junho de 2019 às 01:14

Brasil tentará manter invencibilidade em estreias como anfitrião na Copa América

País sediará torneio pela quinta vez e acumula três vitórias e um empate em estreias

Rodolfo Brito São Paulo-SP

São Paulo - O anfitrião Brasil abrirá a edição 2019 da Copa América contra a Bolívia nesta sexta-feira, às 21h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. O time do técnico Tite tentará manter a invencibilidade em estreias como dono da casa. O país receberá o torneio pela quinta vez e, segundo levantamento do Sr. Goool, acumula três vitórias e um empate.

O Brasil sediou a Copa América pela primeira vez em 1919, três anos após a criação do torneio. Em sua primeira partida como anfitriã, a Seleção Brasileira goleou o Chile por 6 a 0. A estreia de 1949, no entanto, registrou goleada ainda maior - 9 a 1 sobre o Equador. Os brasileiros não recebiam o torneio da América do Sul desde 1989.

Há 30 anos, a vítima da Seleção Canarinho foi a Venezuela que caiu por 3 a 1. Apenas na estreia de 1922, na segunda vez que o Brasil recebeu o torneio, não houve vitória e, sim, empate, por 1 a 1, com o Chile. Agora, será a vez de enfrentar a Bolívia pelo Grupo A que ainda terá Venezuela e Peru.

 Brasil tem treinado forte para estrear bem contra a Bolívia pela Copa América!Lucas Figueiredo / CBFBrasil tem treinado forte para estrear bem contra a Bolívia pela Copa América!
Perfeito em casa!
A boa notícia é que os brasileiros foram campeões em todas as edições que sediaram a Copa América. A primeira vez que o Brasil sediou o torneio foi em 1919 e o título foi ganho em cima do Uruguai na prorrogação. Três anos depois, a Copa América voltou a ser realizada no país tropical com título do anfitrião ante o Paraguai. O Brasil voltaria a ser sede apenas em 1949.

Há 70 anos, a Seleção Brasileira faturou o troféu em grande estilo ao meter 7 a 0 no Paraguai. A última vez que a Copa América aconteceu no Brasil foi em 1989, quando o país verde e amarelo voltou a festejar. Após 30 anos, o Brasil volta a sediar a Copa América para manter o aproveitamento de 100% em casa e ainda encerrar jejum de 12 anos, uma vez que não dá a volta olímpica desde 2007.

Campeões!
O Uruguai é o maior vencedor da Copa América com 15 conquistas (1916, 1917, 1920, 1923, 1924, 1926, 1935, 1942, 1956, 1959, 1967, 1983, 1987, 1995 e 2011), uma a mais do que a Argentina (1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945, 1946, 1947, 1955, 1957, 1959, 1991 e 1993). O Brasil, por sua vez, soma oito voltas olímpicas (1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004 e 2007).

O Chile é o atual bicampeão (2015 e 2016). Paraguai (1953, 1979) e Peru (1939, 1975) também somam duas voltas olímpicas cada. Já Colômbia (2001) e Bolívia (1963) foram campeãs uma vez cada. Entre os países da América do Sul, apenas Equador e Venezuela jamais conquistaram a Copa América.

Regulamento:
A Copa América 2019 será disputada no Brasil e contará com 12 seleções divididas em três grupos com quatro países cada. Após jogos em turno único dentro dos próprios grupos, as duas melhores seleções de cada grupo avançarão, assim como os dois melhores 3ºs colocados por índice técnico.

Nas quartas de final e semifinal, em caso de empate, a decisão será nos pênaltis. Já na final, em caso de igualdade, haverá prorrogação e, se necessário, pênaltis.

Confira as estreias do anfitrião Brasil na Copa América:

1919

Brasil 6 x 0 Chile

1922

Brasil 1 x 1 Chile

1949

Brasil 9 x 1 Equador

1989

Brasil 3 x 1 Venezuela

 
"