Portal Eventos
Copa do Mundo Feminino
Em 12 de junho de 2019 às 08:12

EUA chegam a 125 gols na Copa do Mundo Feminina e média de quase três por partida

Em apenas uma partida na edição 2019, Seleção Norte-americana já marcou mais gols do que o time de 2007

Rodolfo Brito São Paulo-SP

São Paulo - A Seleção Norte-americana fez valer seu favoritismo ao conquistar a maior goleada da história da Copa do Mundo Feminina - 13 a 0 na Tailândia. Mais do que isso! Os EUA chegaram a 125 gols e passaram a ter, isoladamente, o melhor ataque do Mundial da categoria, deixando para trás a Alemanha (112). As norte-americanas, para se ter uma ideia, ostentam média de quase três tentos por jogo (2,84), segundo levantamento do Sr. Goool.

TEMPORADASGOLS
199125
199515
199918
200315
200712
201113
201514
201913 (em andamento)

Em apenas uma partida na edição 2019, a Seleção Norte-americana já marcou mais gols do que o time de 2007. Naquela oportunidade, os EUA terminaram no 3º lugar e estufaram o barbante apenas 12 vezes. Em 2011, mesmo com o vice-campeonato, as norte-americanas festejaram 13 vezes, a mesma quantidade da goleada sobre a Tailândia.

O recorde de gols dos EUA, enquanto isso, aconteceu na primeira edição da Copa do Mundo Feminina em 1991. Ao longo das seis vitórias, a seleção campeã empurrou 25 bolas para o gol. Média de 4,2 tentos por confronto. Em 1999, na campanha do segundo título foram 18 gols, ante 14 na conquista do terceiro troféu em 2015.

 Alex Morgan foi o grande destaque da goleada dos EUA ao anotar cinco dos 13 gols na estreia pela Copa do Mundo Feminina!USWNT / DivulgaçãoAlex Morgan foi o grande destaque da goleada dos EUA ao anotar cinco dos 13 gols na estreia pela Copa do Mundo Feminina!
Artilheiras!
Alex Morgan, que fez cinco gols na Tailândia, chegou a oito na história das Copas e igualou Carli Lloyd, autora de um tento na última terça-feira. A jogadora que mais balançou as redes pelos EUA, no entanto, segue sendo Abby Wambach com 14 gols, a mesma quantidade da alemã Birgit Prinz e um a menos do que a recordista Marta.

Presente em todas as oito edições do Mundial da FIFA, a Seleção dos EUA também é recordista no número de jogos (44) e vitórias (34). A campanha geral ainda registra seis empates e quatro derrotas, além de 35 gols sofridos, sendo quatro contra. Houve 33 cartões amarelos e dois vermelhos. Dos 125 gols anotados, nove foram de pênaltis.

Na 2ª rodada, a Seleção dos EUA enfrentará o estreante Chile no domingo, às 13 horas (horário de Brasília), no Parc des Princes, em Paris. As chilenas foram derrotas pela Suécia, por 2 a 0, no Grupo F.

 
"