Portal Eventos
Copa do Nordeste
Em 17 de janeiro de 2013 às 11:44

ESPECIAL: Sr. Goool traz os números e curiosidades do Grupo A da Copa do Nordeste

Dos quatro clubes, apenas o Bahia já foi campeão, enquanto o Itabaiana vai debutar

Rodolfo Brito São Paulo-SP

Salvador - O site Sr. Goool fará um esquenta, a partir desta quinta-feira, da Copa do Nordeste. Neste primeiro dia, os Grupos A e B estarão nos holofotes, enquanto os Grupos C e D ganharão destaque na sexta-feira. O Grupo A é formado por três campeões estaduais de 2012.

Ceará, Bahia e Itabaiana deram a volta olímpica nos Campeonatos Cearense, Baiano e Sergipano, respectivamente. Apenas o ABC amargou o vice-campeonato potiguar. Outra curiosidade é a presença do Fluminense de Feira na campanha de três dos quatro clubes do grupo.

Em 2003, o Ceará foi eliminado pelo Tricolor na segunda fase. No mesmo ano, o Flu ainda despachou o ABC na semifinal e sagrou-se vice-campeão. Mas o Bahia não deu mole para o rival baiano e o desclassificou na segunda fase da Copa do Nordeste 1997.

Dos quatro clubes, apenas o Bahia já gritou "é campeão". O time da boa terra, na verdade, é bicampeão (2001 e 2002). O Bahia ainda foi vice em 1997 e 1999. O ABC também acabou em segundo lugar na temporada passada. Ceará e Itabaiana jamais chegaram à final. O clube sergipano, aliás, nunca participou da Copa do Nordeste.

CEARÁ
Das nove edições, sem contar 2013, o Ceará não participou apenas da primeira, em 1994. Três anos depois, o Vovô, após eliminar o América-RN na primeira fase, e o Náutico na segunda fase, caiu perante o Vitória na semifinal. Este foi o melhor desempenho do Alvinegro na Copa do Nordeste.

Em 1998, o Ceará foi segundo colocado na primeira fase, mas logo depois amargou o terceiro lugar no Grupo F e caiu fora. Nas temporadas de 1999, 2000, 2001 e 2002, o Ceará foi eliminado logo de cara. Em 2003, o time até passou pelo Corinthians-AL, mas caiu diante do Fluminense. E na temporada passada, o sexto lugar eliminou o Vovô ainda na primeira fase.

ABC
O ABC, por sua vez, esteve presente em todas as edições. Sua melhor colocação foi em 2010, quando liderou a primeira fase, passou pelo Treze na semifinal, mas perdeu a decisão para o Vitória. O início, porém, não foi nada animador. O Mais Querido caiu na primeira fase em 1994, assim como fez em 2001 e 2002.

A situação não melhorou em 1997, 1998, 1999 e 2000, quando o ABC até passou da primeira, mas foi eliminado na segunda fase. Em 2003, o clube potiguar eliminou o Botafogo-PB na primeira fase, passou pelo CRB na segunda, mas foi derrotado pelo Fluminense de feira na semifinal.

BAHIA
O desempenho, no geral, do Bahia é muito bom. O problema está nas derrotas na final para o arquirrival Vitória. Em 1997 e 1999, o Tricolor até que fez o dever de casa, mas não suportou a superioridade do Leão. Pelo menos, o Bahia deu o troco em 2002. Depois de ser vice na primeira fase e eliminar o Náutico na semifinal, o time levou o caneco sobre o Vitória. Um ano antes, a volta olímpica foi dada em cima do Sport.

Tudo começou, porém, em 1994, com um terceiro lugar e uma derrota inesperada para o Cruzeiro-AL. Já em 1998, 2000 e 2010, o Esquadrão caiu logo na primeira fase. Antes, em 2003, o Bahia não disputou a Copa do Nordeste.

ITABAIANA
O Itabaiana nunca participou da Copa do Nordeste, mas tem a oportunidade de apagar o vexame do Estado de Sergipe. Em 2010, Confiança e Sergipe ficaram nas últimas duas colocações. Lanterna, o Sergipe foi "rebaixado" e proibido de disputar a Edição 2013. A relação sergipana com a Copa do Nordeste não começou nada bem. Em 1994, a competição não teve clubes de Sergipe. Na primeira aparição do Estado, em 1997, o Confiança amargou a 12ª colocação, uma acima do Sergipe. No ano seguinte, o Sergipe ficou em 13º e o Confiança em 14º lugar. A situação melhorou um pouco em 1999 e 2000.

O Sergipe ficou em sétimo na temporada de 1999, mas o Largatense foi o último colocado (16º). Em 2000, o mesmo Sergipe conseguiu a melhor colocação do Estado, terceiro lugar. Já o Coritiba afundou na 14ª posição. Sergipe em 12º e Confiança em 14º foram as posições em 2001. Na temporada seguinte, novas lamentações. Sergipe e Confiança acabaram na penúltima e última posições, respectivamente. Por fim, em 2003, o Sergipe ficou no sexto lugar.

Campeões!
O Estado da Bahia é o que mais se prepara para a Copa do Nordeste. Criada em 1994, a competição já viu quatro títulos do Vitória - atual campeão. O rival Bahia, assim como o Sport, soma dois. Enquanto isso, o América-RN já gritou "é campeão" em uma oportunidade.

Em 2014, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) colocará o campeão da Copa do Nordeste na Copa Sul-americana. Mas em outras oportunidades os vencedores tiveram prêmios que foram além do dinheiro. Em 1997 e 1998, Vitória e América-RN, respectivamente, puderam participar da Copa Conmebol. O campeão e o vice de 2000 - Sport e Vitória, respectivamente - jogaram a Copa dos Campeões Regionais.

Confira os jogos da 1ª rodada Grupo A na Copa do Nordeste:

Grupo A
Sábado
17h

Ceará x ABC

19h30
Bahia x Itabaiana

 
"